cacwhere

NFL – Preview AFC West

In NFL on 31/07/2010 at 01:49

Photo: Google Images

Boa noite, amigos e amigas do Sports Tour.

A segunda divisão da NFL que ganha um preview especial aqui no blog é a AFC West. Não foi tão difícil imaginar isso, certo? O Papel Noel azul aqui na foto estragou a surpresa. Pena.

Maaaaaaaaaaaas o bom velhinho não conseguiu estragar o conteúdo exclusivo deste post. Preparado especialmente por Pedrinho, enquanto eu matava algumas pessoas durante a difícil jornada de trabalho. Fascinante, não?

Despeço-me desejando a todos uma boa leitura!

Pelo direito de ser grande

Marques Harris comemora um sack no jogo contra o Washington Redskins. Photo: NFL

San Diego Chargers

Ano passado: 12-4, campeão de divisão, segundo melhor rankeado na conferência, derrotado pelos Jets no Divisional Round dos Playoffs

Uma grande temporada regular fez com que os Chargers terminassem a temporada regular com a segunda melhor campanha da AFC e um Bye na primeira rodada dos playoffs. Mas um bom New York Jets impediu San Diego de alçar vôos mais altos.

Na post season, San Diego se livrou de alguns jogadores importantes, como o Running Back LaDainian Tomlinson, Antonio Cromartie e Vincent Jackson, esse suspenso por três jogos por questões disciplinares.

Liderados pelo bom Quarterback Phillip Rivers e com grandes estrelas no elenco o San Diego Chargers luta contra a sina de sempre amarelar na Hora H para finalmente poder se considerar um grande time na NFL.

Meu passado…: Fundado em 1960 como Los Angeles Chargers, Manda seus jogos atualmente no Qualcomm Field (nomeado assim pelo patrocínio da empresa de comunicação de mesmo nome), os Bolts são o único time de sua divisão a nunca ter vencido um Superbowl, embora tenham um título da extinta AFL, em 1965.

Dan Fouts, Quarterback do time entre 1973 e 1987, é seu principal jogador historicamente. No entanto, foi Stan Humphries que levou o time ao Superbowl XXIX, em 1994.

O San Diego Chargers, em seus 51 anos de história, venceu a liga uma única vez – em 1965. Venceram, também, sua conferencia apenas em 1994. No entanto, os Bolts venceram sua divisão na Liga por 15 vezes, incluindo o atual tetracampeonato – desde 2006 só dá Chargers na AFC West.

Jogaram a pós-temporada por 17 vezes, sendo a primeira delas em 1960.

Títulos: 1965 (AFL)

Meio-termo

Tim Tebow, badalado Quarterback do último Draft, pratica o Wildcat. Photo: NFL

Denver Broncos

Ano passado: 8-8, segundo na divisão

Se existe um time que eu coloco no meio-termo, esse time é o Denver Broncos. que há cinco anos não vai à pós-temporada.

Kyle Orton, em sua segunda temporada pelo time do Colorado, alterna bons e maus momentos. Lhe foi dada uma segunda chance, mas para merecer o posto de titular o camisa 8 terá que se mostrar capaz, se saindo melhor do que seus concorrentes: o ex-Browns Brady Quinn e o jovem e incógnita Tim Tebow, ex-Florida Gators.

Na verdade, acho que Tebow faz parte dos planos de Wildcat da equipe de Denver, já que é, também, um bom corredor. Falando em corredores, o time de Denver conta, no elenco, com Knowshown Moreno e Correll Buckhalter. Na defesa, Elvis Dummervil liderou a liga em sacks, na temporada 2009-10. Como Wide-receivers, Denver se livrou de Brandon Marshall, habilidoso na mesma medida que se envolve em confusões e trouxe, para seu lugar, Demaryius Thomas e Eric Decker.

Os Broncos mais uma vez montam um time sólido – que pode fazer muito mais do que um regular 8-8. Resta saber se, quando depender dos próprios Broncos, eles fugirão do páreo ou farão valer a fama do time bi-campeão do Superbowl, ao final da década de 1990.

Meu passado…: Fundado em 1960 como parte da divisão Oeste da AFL, os Broncos, que nunca mudaram de nome ou de liga, lá permanecem até hoje, 50 anos depois.

Sem muito sucesso na época de AFL, os Broncos somente conquistaram glórias após a fusão das duas ligas, e seus maiores sucessos são da época pós-1970, como o primeiro título de divisão, em 1977, mesmo ano da primeira aparição do time no Superbowl. Acabaram derrotados por Dallas, que se sagrava ali bicampeão da liga.

Com 5 títulos de conferência – 1977, 86, 87, 89, 97 e 98 –, dez de divisão – o primeiro em 1977 e o último em 2005 – e 20 aparições nos playoffs – a última também em 2005 – os Broncos tem como maior ídolo o Quarterback John Elway.

Foi com a parceria entre Elway e o técnico Mike Shanahan que os Broncos venceram os únicos dois títulos de sua histórias, em 1997 (d. Packers) e 1998 (d. Falcons). Elway também detém o recorde de mais Superbowls jogados, com 5.

Títulos: 1997 (Superbowl XXII), 1998 (Superbowl XXIII)

Baía abaixo

JaMarcus Russell leva um sack na partida contra os Chiefs. Photo: NFL

Oakland Raiders

Ano passado: 5-11, terceiro na AFC West

Três vezes campeão do Superbowl – um número considerável – o Oakland Raiders se encontra numa draga sem fim.

Tudo isso por causa de sucessivas e equivocadas decisões administrativas, que fizeram com que um dos melhores e mais tradicionais da Liga despencasse de rendimento.

Para o posto de Quarterback titular o time da Bay Area trouxe Jason Campbell, enxotado de Washington após a chegada de Donovan McNabb ao time da capital federal. Desconfio que os torcedores dos Raiders estão incrédulos quanto a uma retomada do passado vitorioso da equipe tão já.

Para não dizer que só olho o lado ruim das coisas, falemos das qualidades de Oakland. Sebastian Janikowski, melhor kicker da liga e Nnandi Asomugah, Cornerback, ano sim outro também é chamado ao Pro-Bowl. Além, é claro, das belas cheerleaders, sempre confortáveis no calor californiano.

Olhando esse time do Raiders, não vejo um futuro muito promissor. É como se o antigo Los Angeles Raiders, de três títulos, rolasse baía abaixo, como um tronco desgovernado.

Meu passado…: Contrasta com o presente do time. Fundado em 1960, em Oakland, ficou na cidade até 1981, quando se mudou para Los Angeles. Ficou por lá apenas 13 anos, e em 1995 retornou a Oakland.

Manda seus jogos na cidade vizinha de Alameda, que fica no condado de Oakland. Seu estádio é o Oakland-Alameda City Coliseum, um dos raros exemplos de campos não vendidos a patrocinadores.

Tem uma das histórias mais vitoriosas da liga, incluindo 3 títulos de Superbowl e 1 da AFL, além do recente vice-campeonato, em 2002-3. Foi campeão de conferencia por 4 vezes – 1976/80/83/2002 -, além de faturar sua divisão em 15 oportunidades, sendo 3 pela AFL e a última em 2002. Tem 21 participações na pós-temporada, sendo a última em 2002.

Títulos: 1976 (Superbowl XI; d. Vikings), 1980 (Superbowl XV; d. Eagles), 1983 (d. XVIII; d. Redskins)

Run, Thomas, Run

Jamaal Charles faz o que os Chiefs melhor sabem fazer: corre. Photo: NFL

Kansas City Chiefs

Ano passado: 4-12, último na divisão

Se o Oakland Raiders não tem previsões de um futuro muito glorioso, o mesmo pode se dizer do fraco time do Kansas City Chiefs.

O outro time do Missouri – surpresa! Kansas City FICA no Missouri, não no Kansas – o antigo Dallas Texans não deve incomodar os grandes da NFL por um bom tempo.

Isso tudo porque Matt Cassell, que teve uma grande temporada substituindo Tom Brady nos Patriots em 2008, não corresponde. Por isso mesmo, a jogada preferida dos Arrowheads é o jogo corrido – em 2009-10 eles ficaram com a 11ª melhor média de jardas terrestres. Nesse ataque que não privilegia os lançamentos, Jamaal Charles é o principal nome – ano passado foi o 11º melhor corredor.

Para este ano os Chiefs trouxeram Thomas Jones, 3ª melhor marca em jardas da liga ano passado, preterido pelos Jets esse ano. Com isso, o veterano Running Back deve ser a principal aposta de jogadas de efeito para o técnico Todd Haley. Entenderam agora o porquê do título?

Meu passado…: Fundado como Dallas Texans, em 1960, foi campeão sob essa alcunha em 1962, na AFL. Mesmo assim, se transferiu para o Missouri, adotando a nomenclatura de Kansas City Chiefs em 1963, nome que permanece até hoje. Venceu a AFL em 1966 e em 1969 – porem esses títulos não são computados, dado que já existia o Superbowl nessa época.

Venceu o Superbowl IV, em 1969-70, na final contra o Minnesota Vikings.

Não venceu nenhuma final de conferência, mas já faturaram sua divisão em 7 oportunidades – a última em 2003 – e foram aos playoffs 15 vezes, sendo a última em 2006.

Foi no Kansas City que Joe Montana, talvez o melhor Quarterback da história da Liga, encerrou sua vitoriosa carreira, em 1993.

Títulos: 1962 (AFL), 1969 (Superbowl IV).

ST Team!😉

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: