cacwhere

U.S Open 2010 – Round 1 Picks

In tennis on 29/08/2010 at 23:31

US Open 2010

Mais um Grand Slam tem início nessa segunda-feira, 30 de agosto, aniversário do grande Andy Roddick. (Congratulations, Andy! You’re the best, bro!) O americano, junto de Federer, Soderling, Davydenko e Hewitt são as principais estrelas do primeiro dia de competição.

Roddick que ainda se recupera de uma mononucleose não chega a este torneio entre os principais favoritos, que são, por consenso, Federer, Murray e Nadal, exatamente nesta ordem.

Djokovic, Berdych, Soderling, Roddick e Fish correm por fora. O atual campeão, Juan Martin Del Potro, ainda se recupera de uma cirurgia e está fora da disputa este ano.

Com a ajuda do grande Pedro Liguori, analisamos todos os jogos da primeira rodada e demos nossos certeiros palpites para o último Slam da temporada.

First Round Picks

Nadal x Gabashvili

P.L: Coitado do Gabashvilli. Sua experiência na paradisíaca Flushing, casa dos Mets, durará apenas 3 sets.

EU: Gabashvili fez ótima campanha em Roland Garros chegando nas oitavas, mas não deve ter tanta sorte em NY. Nadal em 3 sets.

Istomin x M.Gonzalez

P.L: Do Usbequistão para o mundo, Istomin, um futuro Davydenko segundo fontes fidedignas eliminará seu semi-desconhecido adversário.

EU: Istomin, vice em New Haven, deve vencer com certa facilidade. O uzbeque em 3 sets.

Simon x Young

P.L: ‘Jogo duríssimo. Mas o jovem americano (ahn, ahn? trocadilho) terá muitos outros US Opens por aí. Simon em 4.’

EU: Gilles ‘devolvedor de bolas’ Simon, é um dos jogadores que melhor defende no circuito. E em 4 sets defenderá sua vaga na segunda rodada em Flushing Meadows.

Kohlschreiber x Kamke

P.L: Duelo alemão. Mas Kohli e eu somos manos, então aposto nele.

EU: Kolschreiber chegou na terceira rodada nos últimos 4 slams que disputou. Minha aposta é que pela quinta vez consecutiva ele avance até lá e se despeça com dignidade.

Lopez x Giraldo

P.L: Feliciano Lopez não é um tenista em quem se pode confiar. Mas Giraldo também não. Dá Lopez, em 5 e um jogo sofrível.

EU: Lopez não anda jogando nada. Mas Giraldo ainda é uma incógnita no circuito. Uma vitória do colombiano não seria uma zebra, mas aposto no espanhol em 5 sets.

Schuettler x Paire

P.L: Schuettler vai chegar em quadra e soltar um “Paire de me encher o saco e volte para casa”. Depois dessa piada infame, ele vai ganhar.

EU: Schuettler em 3 dignos sets.

Stakhovsky x Luczak

P.L: Em boa fase, o bom ucraniano ganha do australiano naturalizado, já experiente e que nunca fez nada no circuito.

EU: O ucraniano venceu New haven e está mais em forma do que nunca. Deve avançar em disputados 4 sets.

Ljubicic x Harrison

P.L: Quando Ryan Harrison nasceu, Ljubicic já jogava tênis. O simpático carequinha entra em declínio, mas ganha essa, em 4.

EU: Pinta de jogo interessante e jeito de que o croata vai ralar pra vencer. Ljubicic em 5 sets.

Dolgopolov x Ferrer

P.L: Rematch da primeira rodada de Cincinnati. Ferrer ganhou lá e ganha aqui. O bom Dolgopolov ainda não aguenta um Slam. A propósito, vocês sabem o que o Alexander disse pra namorada?

EU: Provavelmente um dos melhores jogos da primeira rodada. Dolgopolov é um dos melhores tenistas da nova geração e vai fazer o espanhol sofrer pra vencer. Mas vence. Ferrer em 5.

Brands x Becker

P.L: Outro clássico alemão. Dificil palpitar, mas acho que dá Brands.

EU: Não é dos jogos mais interessantes. Vou de Becker em 4 sets.

Nieminen x Gimeno-Traver

P.L: Nossa. Estou abismado com o sadismo de quem me manda palpitar nisso aqui. Dá Nieminem, porque eu tenho medo desses espanhóis meia-boca na Hard court.

EU: Difícil. Mas vou com Nieminem em 3 disputados sets.

Gulbis x Chardy

P.L: Gulbis é melhor do que Chardy, que gastou toda sua cota de bons resultados do ano em Toronto. A Letônia vai à segunda rodada.

EU: Outro bom jogo do Round 1. Chardy fez ótimas campanhas em Toronto e Cincy, mas acho que o talentoso letão passa em 4 difíceis sets.

Nalbandian x De Voest

P.L: Em sua volta aos torneios de Slam pela primeira vez desde o Australian Open-09, Nalbandian vence e abre uma boa campanha.

EU: Para felicidade dos cabeças de chave, Del Potro e Tsonga estão fora do US Open e com isso o argentino acabou também como cabeça-chave. Ele passa o primeiro round em 3 sets.

F.Mayer x Serra

P.L: Oh god. Florian Mayer bate de um jeito esquisito na bola. E o Serra sei lá. ahhh… Florian Mayer salva a honra dos germânicos, justamente porque eu não acredito em franceses.

EU: O alemão em 4 imprevisíveis sets.

Mannarino x Riba

P.L: Pere Riba perdeu em meia-hora pra um decadente Blake. Adrian Mannarino foi 80 do mundo, tem PR e faz boas campanhas em Challengers. Aposto no francês.

EU: “Definitivamente” vale o ingresso. Mannarino em 4.

Verdasco x Fognini

P.L: Cheio de caras e bocas pra sair bem nas fotos, o brother do dono do blog ganha, em um jogo nem tão legal e nem tão zebrático assim.

EU: Verdasco vinga-se de Fognini em 4 sets.

Murray x Lacko

P.L: A Eslováquia é uma fábrica de tenistas, mas nenhum deles ainda mostrou seu valor (A simpaticíssima Dani Hantuchova é um caso à parte). Murray vence e segue firme atrás de seu primeiro Major.

EU: Palpite para jogo com menos games da rodada. Murray em 6-1, 6-4, 6-1.

Brown x Ramirez-Hidalgo

P.L: É. Só os organizadores do torneio e tennis-freaks tipo nós sabemos da existência desses dois tenistas. Dustin Brown deve ganhar, mas não aposto uma pataca furada em nenhum dos odis.

EU: Jamaica em festa! Brown passa em 5 sets.

Lu x Chela

P.L: Tenho a impressão que em algum ponto no passado o Chela já foi um bom tenista. Mas hoje ele só consegue ganhar do Lu. E olhe lá.

EU: Depois de Wimbledon, vou torcer pro Chela. Go Chela!

Wawrinka x Kukushkin

P.L: A turma de Istomin, Golubev, Stakhovski e Dolgopolov logo logo terá mais um integrante: Mikhail Kukushkin. Mas ele ainda não vai fazer o nome dele nesse US Open. Dá Wawrinka, na experiência.

EU: Outro jogo interessante que vale a pena dar uma zapeada. O suíço passa, mas em 4 apertados sets.

Querrey x Klahn

P.L: Nunca ouvi falar desse Klahn. E, modéstia a parte, conheço a maioria dos principais tenistas do circuito. Querrey não vai dar chance ao azar: /2, /3, /3.

EU: Querrey, que ainda deve a todos uma grande campanha em Grand Slams, passa em 4 sets.

Seppi x Granollers

P.L: (Se vocês ao menos soubessem o tipo de piada infame as quais eu sou submetido pelo redator-chefe…) Granollers um dia vai ganhar um daqueles torneios sul-americanos no saibro, em fevereiro. No cimento, ele vai é se despedir na primeira rodada.

EU: O clássico Sépia x Granola (apenas para íntimos) deve terminar com a vitória do italiano em 4 apertados sets.

Garcia-Lopez x Kubot

P.L: Poxa, é um clássico! Plausível que fosse a final de Buenos Aires ou Nice. Mas no US Open, não dá. Willy García retorna às quadras em grande estilo, e leva essa.

EU: Kubot em 3 sets. E basta!

Almagro x Starace

P.L: Sei lá. Acho que o Almagro ganha. Mas pouco me importa também.

EU: Belo jogo. Para se acompanhar pelo Live Scores. O espanhol leva em 4.

Youzhny x Golubev

P.L: Um belo de um jogo. E como esses Draws são injustos… eu hein. Golubev ainda não está preparado pra ganhar do Youzhny em um slam.

EU: Grande jogo para a primeira rodada. Golubev pode muito bem derrotar o russo número 2, mas vai ficar no quase. Youzhny no tie-break do quinto set.

Malisse x Sela

P.L: Malisse, justamente porque só o dono do blog gosta do Sela.

EU: Outro bom jogo do Round 1. Malisse é um bom jogador e vai levar em 5 sets.

Chiudinelli x Sock

P.L: Tenho pena de quem vai assistir a esse jogo. Não conheço esse Sock. Chiudinelli deve ganhar…

EU: Vou com o americano de Nebraska, conterrâneo do A-Rod, em 4 sets.

Gil x Isner

P.L: Isner em 3, com dois tie-breaks, e não se fala mais disso.

EU: Em condições normais eu iria de Isner, mas como o americano é uma incógnita, vou com o português em 3 sets.

Benneteau x Stepanek

P.L: O Fantasma ganha do homem casado semi-aposentado. Jules, em 3.

EU: Benneteau em 3 sets. Bem fáceis, aliás.

Robredo x Rosol

P.L: Lukas Rosol tcheco? Vai complicar, mas vai ceder. Robredo, filho de fãs do Who, ganha e sai mandando hang-loose pras mocinhas das arquibancadas.

EU: Rosol, Rosol. Gostei desse nome: Rosol. Mas vai dar Robredo em 4 sets chatíssimos de se acompanhar.

Hanescu x Berlocq

P.L: Carlos Berlocq saiu do top-100 nessa semana. Hanescu não tem nada a ver com isso. Deve ganhar, em 4 ou 5.

EU: Hanescu honra a escola romena e vence em 3 disputados sets.

Berdych x Llodra

P.L: Muito bom jogo. Tomas Berdych foi semi em Roland Garros e finalista em Wimbledon. O próximo passo lógico é… Não sei vai fazer, mas passa dessa fase.

EU: Provavelmente o melhor jogo do Round 1. Uma pena. Llodra é um belo jogador, e embora não esteja em seu piso preferido – a grama – leva o jogo a 4 sets. Mas Berdych triunfa.

Davydenko x Russell

P.L: Russell é um sujeito perigoso. Perigosíssimo. Davydenko sabe disso, e, mesmo temendo muito o americano, ganha esse jogo.

EU: Davydenko vence, mas não convence. 3 sets pra ele ainda assim.

Gasquet x Greul

P.L: Nunca vi nada demais nesse Greul. Gaskay é um bom jogador, e passa sem maiores sustos.

EU: Gasquet, que já foi número 7 do mundo, vence essa em 4 sets.

Anderson x Devvarman

P.L: Devvarman finalmente conseguiu se manter entre os 100 do mundo. Mas ainda é pouco. Do Anderson ele não ganha, não.

EU: RT @P.L Devvarman finalmente conseguiu se manter entre os 100 do mundo. Mas ainda é pouco. Do Anderson ele não ganha, não.

Bellucci x Smyczek

P.L: Mesmo sendo muito instável, o Bellucci ganha do Smyczek. Ah, espero. Mas outro jogo nada recomendado para apostadores.

EU: Bellucci não achou seu melhor jogo na temporada Hard Court americana, ainda assim, vence esse jogo em 5 difíceis sets.

Monfils x Kendrick

P.L: Não dá pra esperar muita coisa do Monfils. Mas acho que pelo menos uma vitória em cima do Kendrick seria razoável, não? Em 3 sets. É, acho que vai acontecer.

EU: Vou com a zebra. Kendrick em 5 sets.

Andreev x Zeballos

P.L: A melhor coisa que o Andreev faz da vida é a Kirilenko (e isso faria mais sentido em inglês). Aposto no Zeballos, que pelo menos tem futuro.

EU: Andreev em 4 sets. Sem mais.

Tipsarevic x Rochus

P.L: Tipsy vem de uma contusão no tornozelo. Ele é mais um dos gente boas da ATP, e acho que ganha do Rochus.

EU: Tipsarevic em 4 ou 5 sets. Não tenho certeza. Mas honestamente, quem tem?

Roddick x Robert

P.L: Roddick começa a busca pelo seu segudo Slam cotnra Stephane Robert, um francês que pouco aparece por aí. O americano não deve encarar problemas.

EU: Ah, Andrew Stephen Roddick. O favorito do blog (como se vocês já não soubessem) vem se recuperando de uma mononucleose e não está em sua melhor forma. Ainda assim, chegou às semis em Cincy e esteve a 1 game de chegar na final. Não sabemos o quanto as partidas de um Grand Slam podem afetá-lo, mas ele não deve (e espero, acima de tudo) ter trabalho na primeira rodada. Roddick for the win! In 3 sets.

Baghdatis x Clement

P.L: Sério que o Clement ainda joga? Putz, eu gosto dele.Mas o Baghdatis vem em boa fase, e ganha.

EU: Baghdatis, outro semifinalista em Cincy, deve vencer em 4 sets.

Ginepri x Schwank

P.L: Não sei como o Schwank consegue os pontos dele, porque nunca vi ele fazendo alguma coisa que prestasse. Ginepri tem uns flashes nos Estados Unidos. O americano ganha em 3.

EU: O americano passa, mas não sem antes sofrer. Ginepri em 5 sets.

Silva x Cuevas

P.L: Julio Silva tem 31 anos, e talvez seu maior feito tenha sido vencer Nicolas Mahut no Qualy do US Open. Cuevas é mais duplista, mas ganha essa.

EU: O brasileiro passa em 5 sets.

Fish x Hajek

P.L: Que fase do Fish, hein? Não vai ser o Jan Hajek que vai parar o tenista mais camarada do Romário. Fish em 3.

EU: Fish vem voando em quadra (quem disse que peixe não voa, hã?) e deve vencer esse jogo em 1 hora e meia. 3 fáceis sets pro americano.

Polansky x Monaco

P.L: Monaco volta de lesão, perdeu no qualy de New Haven e na primeira rodada de Cincinnati. Mas Peter Polansky não é nenhum bicho papão. Putz, acho que o canadense acaba ganhando na maior zebra da primeira rodada.

EU: Difícil. Muito difícil. Polanksy em 5 sets.

Blake x Vliegen

P.L: Duro. Em outros verões, Blake seria incontestavelmente o favorito. Mas agora o americano é uma sombra do jogador que ele já foi. Mas nesse teste ele passa.

EU: A fase do americano não é boa, mas ele já deu uma volta por cima na carreira. Quem sabe não dá a segunda? Blake em 5 sets.

Petzchner x Lojda

P.L: Petzchener ganha.

EU: Petzchner ganha.

Djokovic x Troicki

P.L: Djokovic, porque o Troicki é freguês, amigo, compatriota e parceiro de clipe imitando a Shakira. Nem vai fazer Djokinho suar – e olha que isso é dificil.

EU: O maior adversário de Djokovic neste jogo pode ser o calor, caso ele jogue de dia, ou o vento, caso ele jogue de noite. Djokinho em 3.

Soderling x Haider-Maurer

P.L: Haider-Maurer nem é mau jogador, mas o Soderling ganha. E olho no 5 do mundo, porque aprontar ele pode.

EU: Todos esperam um confronto entre Federer x Soderling nas quartas de final. E eu aposto que ele acontece. Soderling em 3.

Dent x Falla

P.L: Dificil. O Dent joga contra o Nadal na segunda rodada? Ah… acho que ele ganha. Ano passado ele fez um jogo épico contra o Feliciano Lopez no US Open.

EU: Dent vence em 4 ou 5 sets. Não vai dar pra você, Falla.

De Bakker x Gicquel

P.L: Gicquel é um aposentado. E o De Bakker uma estrela em ascensão. Vai ganhar, para tristeza do nosso querido Marcos que odeia o garoto.

EU: De Bakker vence 3 tie-breaks e avança para a próxima rodada.

Dodig x Gonzalez

P.L: Fernando, que não é Alejandro tampouco estrela de música da Lady Gaga (mas foi do Abba, a Lady Gaga dos anos 70) voltou de lesão semana passada e perdeu. Mas do Ivan Dodig, a nova esperança croata, deve ganhar.

EU: Gonzalez, o mais famoso chileno de todos os tempos, ganha em 4 sets. Mas fiquem de olho em Dodig. Bom jogador.

Montanes x Przysiezny

P.L: Acho que o Montañes ganha pura e simplesmente para evitar a propagação do nome do polonês conhecido como “Prezê” entre os íntimos.

EU: Przysiezny ganha, para minha infelicidade, já que terei escrever esse nome durante mais uns 2 dias.

Ball x Raonic

P.L: Temos aí um jogador que Marcos gosta (Ball) e um que eu acho que pode vir a ser alguém (Raonic). Mas dessa vez dá Bolinha, e que o Raonic se contente com Challengers.

EU: Estou me segurando pra não ter que fazer piadas com o nome do australiano. Mas ele ganha, em 5 sets, no jogo mais surpreendente da primeira rodada.

Nishikori x Korolev

P.L: Em Nishikori we believe. Bom, pelo menos I believe. Saindo do qualy, Nishikori ganha do Korolev em 4.

EU: Outro bom jogo que vai acabar em 4 disputadíssimos sets. Joguei a moedinha e deu Korolev.

Cilic x Marchenko

P.L: Boas chances de zebra. Cilic começou esse ano como sensação ao chegar nas semis do AO, mas desde então não fez nada além de uma final em Munique. O jovem croata não é nenhum Ancic (alguém vai ao delírio ao ler isso), e pode muito bem perder do Marchenko. Jogo muito parelho, mas aposto no Cilic.

EU: Zebra? Possível. Mas não muito provável. Cilic em 5 sets.

Melzer x Tursunov

P.L: Tursunov um dia foi alguém, mas agora não faz mais nada. Melzer, o eterno 27 do mundo, está meio deslocado lá na 14ª posição. Mas ele ganha essa.

EU: Melzer, Melzer. Depois de 11 slams seguidos sem passar da terceira rodada, o austríaco conseguiu o feito de passar em 2 seguidos. Destaque para as semis de Roland Garros. Ele vence em 4 sets.

Sweeting x Berankis

P.L: Duelo de dois talentos em potencial. Sweeting é mais bem rankeado e tem mais experiência, e o Berankis foi 1 do mundo juvenil. O garoto das Bahamas naturalizado americano avança pra segunda fase.

EU: Bom jogo. Aposto em Sweeting. 5 sets.

Phau x Mello

P.L: Cláááááássico. Ricardo Mello disse que estava confiante pra esse US Open, então vamos ver o que ele faz. Pelo menos do Phau ele ganha, em 4.

EU: Mello em 5 sets. Sem certeza nenhuma.

Ferrero x Klizan

P.L: Mais um tenista desconhecido (Klizan). Ferrero, vice-campeão do torneio em 2003, não vai chegar tão longe esse ano. Mas pelo menos ao R64 ele chega.

EU: O espanhol, um dos grandes tenistas do começo da década, prefere o saibro, mas vence em 4 sets.

Hewitt x Mathieu

P.L: Hewitt, no auge, chegou duas vezes à final. Não tem mais toda essa moral, mas ganha do decadente Mathieu, outrora 12 do mundo.

EU: Hewitt está destinado a enfrentar Federer (mais uma vez!) na terceira rodada de um Slam. Por isso mesmo ele vence Mathieu em 3 sets.

L.Mayer x Rufin

P.L: Rufin é um daqueles jogadores jovens que dizem ter muito futuro. Por ser francês, eu particularmente fico com um pé atrás. Mas Leo Mayer não encanta, então nosso queridíssimo Guillaume deve prevalecer.

EU: Mayer em 4 sets. Mais um joguinho dispensável.

Berrer x Beck

P.L: Mais um jogo entre alemães? Nossa. Michael Berrer e parem de me encher o saco com o campeonato alemão de tênis.

EU: Faço de Pedrinho, as minhas palavras. Berrer.

Federer x Dabul

P.L: Federer não vem tendo primeiras rodadas muito boas, mas contra o Dabul, ele só se complica se quiser. Não acho que ele queira.

EU: O suíço que eu adoraria odiar, mas não consigo (Hi-5, A-Rod!) vence facilmente em 3 sets.

  1. Absolutely brilliant post guys, been following your blog for 3 days now and i should say i am starting to like your post. and now how do i subscribe to your blog?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: